A arte…

27 07 2009

… que se foi

Escrever é uma arte. Arte da qual eu sou um dos que ajudei a matar. Não sou fã das coisas que escrevo, mas tem gente que é.

Escrever deveria ser para poucos. Vou melhorar isso…

Post Scriptum: “ainda com mania de twitter”





Quero mais…

24 07 2009

…menos.

Enquanto isso mamo os meus cigarros.

Post Scriptum: “é o que se tem pra mamar”





Grande e pura…

22 07 2009

…ilusão

Ia comentar a seguinte notícia da PC WORLD, mas como tem de se cadastrar por lá decidi colocar aqui:

Grande ilusão.

Sou cliente da NET também por falta de opção. Moro no ABC paulista e nossas opções de TV por assinatura e Internet banda-larga são limitadas. Hoje nem o Trio da Telefonica chega em muitos lugares por aqui.

O Problema não está na speedy ou na Telefonica somente. O problema é generalizado, o Brasil realmente não possui nenhum sistema real de banda-larga onde o usuário doméstico posso se beneficiar, mesmo pagando mensalidades absurdas comparadas ao resto do mundo.

A NET tem o mesmo tanto de problemas de conexão do que a Speedy, administro a rede de mais de 10 clientes na região e não há um só dia que não tenho problemas originados graças ao péssimo serviço oferecido pela NET.

Ilusão, pura!!! na melhoria dos serviços ninguém quer investir, mas sim em prospecção de mercado e vendas!





Sem tempo…

21 07 2009

…só quem quer.

É óbvio que nos dias de hoje, tempo é uma coisa rara para muitos. No fundo, no fundo mesmo, quem quer arruma tempo. Seja lá para o que for. Eu não tenho tempo pra muita coisa, mas para tantas outras eu acabo conseguindo.

ampulheta Só não tem tempo nos dias de hoje quem não quer. Home-office, internet, celular, sms, msn e as boas e antigas cartas continuam me ajudando a conseguir me relacionar e inter-relacionar com um mundo de gente. E não é pouca não!

Sem tempo, mas com muita disposição para ficar com menos tempo ainda. Sendo assim continuo sendo o que nunca fui… confuso só para quem não entende… e com um fuso sempre disponível.

Post Scriptum: “Em terra de olho quem tem um cego… errei” – By Maçã Envenenda





Vejam…

16 07 2009

…e ouçam.

Estou ocupado participando dessa experiência… Muito bom… Logo volto com mais!!!

http://wechoosethemoon.org/

Post Scriptum: “e o homem vai pisar no céu”





O dia…

13 07 2009

…tem mais de 24 horas.

Sei que parece estranho. Mas o dia tem mais de 24 horas. Quase fiquei louco para poder entender e fazer com que algumas pessoas entendesse. Vou usar um exemplo simples entre Brasília e Tóquio, cada um deles em um ponto do mundo.

Vamos lá, suponhamos que um acordo entre Japão-Brasil tenha de ser assinado no dia 2 para que comece a valer no dia 3. Pois bem, o Japão colocou o acordo em vigor às 00:00 do dia 2, ou seja meio-dia do dia 1 no Brasil. O Japão está ansioso para começar a validade desse acordo mas tem de esperar o Brasil assinar.

calendario Como estou trabalhando com um exemplo onde estou falando em termos “mundiais”, e sabendo que o Brasil deixa tudo para a última hora, nossa parte do acordo só foi assinada às 23:59 do dia 2. Os dois países assinaram o acordo no dia 2, porém os japoneses tiveram de esperar até o 11:59 da manhã do dia 3 para experimentar o acordo e o Brasil já conseguiu usufruir dele desde o 1º minuto. Em termos gerais Japão assinou às 00:00hs e o Brasil às 23:59 do mesmo dia, porém os japoneses tiveram de esperar 11:59h a mais.

Em termos gerais e mundiais o dia tem mais do que 24 horas por dia, dependendo da sua percepção e ponto de referencia. Nesse nosso exemplo o dia teve 35:59hs no total. Achei engraçado, e fiquei me questionando várias coisas.

Se algo tem de acontecer em 1 dia especifico, mas não em um lugar especifico, você pode ter de esperar até 49 horas para que esse acontecimento chegue. Estranho não?

Agora são:

18:00hs de segunda no Brasil

11:00hs de segunda no Havaí

09:00hs de terça nas Ilhas Marshall

Post Scriptum: “e eu que queria que meus dias fossem maiores.”

♫ Once I Loved (O Amor Em Paz) – Frank Sinatra & Antônio Carlos Jobim (2:36)





Crescer…

13 07 2009

…sem ser.

É muito difícil crescer sem ser, ainda mais se estivermos falando de um país. Tenho poucos amigos que se dizem brasileiros, a maioria deles é descendente de alguma coisa. Coleciono italianos, japoneses, espanhóis, portugueses e mais recentemente afro-descendentes que enchem a boca para se auto intitularem com algo que quer dizer “nasci no Brasil mas minha família é de outro lugar”. Pura vergonha de si mesmo.

coePara o crescimento real do Brasil, e para que ele tome seu lugar no mundo, primeiro se precisa reconhecer suas origens e quem realmente somos. Meu amigo, você nasceu no Brasil e é Brasileiro, nada de ser afro-descendente para ganhar bolsa, italo-brasileiro para participar do clube de pseudo-elite de um “palestra Itália”, nipo-brasileiro para trabalhar feito um burro de carga no Japão.

Quando aceitarmos que quem nasce no Brasil é Brasileiro (salvo os filhos diretos de estrangeiros) aí sim poderemos tomar nosso lugar no mundo! Acreditem, esse espaço já temos… só nos falta brasileiros legítimos para tal, algum Brasileiro  que nos represente!

Post Scripum: “Nem tudo é o que parece ser.”

♫ Vai Passar – Chico Buarque (6:06)





Doer não dói…

13 07 2009

…mas deveria.

Tenho uma amiga que diz que “pensar dói, não pensar dói mais”. Gostei tanto dessa frase que praticamente a tomei pra mim (a frase). Hoje, e esses poucos dias passados, penso que tanto pensar quanto não pensar não doem nada, mas deveria.

pensar Se pensar doesse de verdade muita merda não aconteceria, tenho certeza. Os mais “entusiastas” da arte do pensar diriam “que absurdo guto! Se pensar doesse ninguém ia querer pensar”. Óbvio que isso não é verdade, se doesse apenas os masoquistas os mais perseverantes pensariam, e esses pensamentos valeriam a pena. Odeio pensar que tem gente que pensa apenas quando é futilmente necessário pensar.

Pensar deveria ser um ato para todos os momentos, assim como respirar. Pensar quando não se deve é um pecado, um pensador casual consegue acabar com qualquer pensador profissional com qualquer argumento bobo sem levar em consideração tudo o que foi pensado antes de uma conclusão. Os pseudo-pensadores deveriam ser mudos.

Post Scriptum: “Penso, logo desisto!”

♫ She’s A Business – Iggy Pop (3:10)





Aqui jaz…

13 07 2009

… mas de casa nova!

anonimoavatar

www.cabecasafora.net





A vela…

6 07 2009

…e o velho

Passeando hoje depois da última sessão com pseudo-psicólogo parei em uma loja de “Preço único – 1 real”. Para minha surpresa era tudo um real mesmo!!! óbviamente comprei de tudo.

Uma das aquisições: VELAS!

Sim, comprei velas. Sempre tive um “q” com velas. Gosto das coitadas, gosto de ver elas queimando. Um porém, essas velas queimam muito rápido. Ou meu tempo está desregulado.

Ver velas queimando não é mais como antigamente.

Post Scriptum: “Ver o tempo passar e lembrar da chama do Dragão”