Vivendo o…

11 09 2009

…inexplicável

bomb Há alguns posts atrás tentei explicar o inexplicável. Agora nem vivo mais, na verdade agora vivo a felicidade de as coisas estarem em outro pé. Assim como o inexplicável. A vivência me deu o prazer de poder conviver cada vez mais com coisas que a “vã filosofia” não é capaz de explicar. Uma dessas coisas é o próprio fato de estar atualizando o blog com certa freqüência.

Tenho minhas inspirações, um tanto quanto inexplicáveis, para o que me inspira a escrever. Sempre está relacionado a pessoas, às vezes que eu convivo às vezes com pessoas que eu gostaria de conviver. Sendo assim, hoje por coincidência, estou vivendo as duas coisas ao mesmo tempo.

Até quando os humanos vão tentar compreender um ao outro? Até onde ainda vamos ter de precisar de motivos e até mesmo desculpas para fazer algo? O que seria de nós (humanos) se vivêssemos um pouco mais na inconstância?

Post Scriptum: “e que tal viver no meu mundinho inexplicável?”