Doer não dói…

13 07 2009

…mas deveria.

Tenho uma amiga que diz que “pensar dói, não pensar dói mais”. Gostei tanto dessa frase que praticamente a tomei pra mim (a frase). Hoje, e esses poucos dias passados, penso que tanto pensar quanto não pensar não doem nada, mas deveria.

pensar Se pensar doesse de verdade muita merda não aconteceria, tenho certeza. Os mais “entusiastas” da arte do pensar diriam “que absurdo guto! Se pensar doesse ninguém ia querer pensar”. Óbvio que isso não é verdade, se doesse apenas os masoquistas os mais perseverantes pensariam, e esses pensamentos valeriam a pena. Odeio pensar que tem gente que pensa apenas quando é futilmente necessário pensar.

Pensar deveria ser um ato para todos os momentos, assim como respirar. Pensar quando não se deve é um pecado, um pensador casual consegue acabar com qualquer pensador profissional com qualquer argumento bobo sem levar em consideração tudo o que foi pensado antes de uma conclusão. Os pseudo-pensadores deveriam ser mudos.

Post Scriptum: “Penso, logo desisto!”

♫ She’s A Business – Iggy Pop (3:10)